sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Você acredita em Natal?

Não, não errei a pergunta. Não tenho curiosidade de saber se você acredita em Papai Noel ou no nascimento de Jesus. Quero saber se você acredita no Natal. 



Pois ele pode se expressar das mais diversas formas: é multifacetado! Pode se fazer presente na crença no nascimento do Menino; na esperença de que os desejos mais recônditos um dia se transformem em realidade; na vontade de doar, de se doar; na ânsia de receber, para preencher os vazios; na alegria das trocas de carinho, de presentes, de beijos, de votos. Natal pode ser expressão dos nossos melhores dons e talentos. E por que todas essas coisas não poderiam estar presentes cotidianamente, e não apenas em dezembro, na data certa

Natal como um jeito de ser, como um autêntico way of life... Que tal? 

Mas euzinha gosto de celebrar mesmo é o nascimento de Jesus Cristo, com tudo que isso significa. Jesus Cristo é farol para meus passos neste mundo de atitudes tão vacilantes. É referência de comportamento ético e amoroso. É guia para o desenvolvimento de minha inteligência lógica, emocional e espiritual. 



Eu acredito no Natal, acredito em Papai Noel, acredito nos bons sentimentos e nas boas intenções. Ninguém precisa deixar de ser humano para acreditar no melhor do ser humano! E ser melhor é constante exercício, empreendido com esforço por quem acredita nisso. 



Portanto, meus desejos de um feliz Natal para todos, de qualquer religião, para os que não têm religião e também para os que não creem em Deus. Porque, para celebrar o Natal, basta crer no amor. 



Fiquem com um trecho de Frei Betto:


"Neste Natal, rogo a Deus ressuscitar a criança escondida em algum recanto de minha memória, a que um dia fui, menino que sabia confiar e, desprovido do pudor do ócio, livre das agruras do tempo, era capaz de imprimir fantasias coloridas ao lado obscuro da vida.
Quero um Natal de brindes à alegria de viver, hinos à gratidão da fé, odes à inefável magia da amizade. Natal cujo presépio seja o meu próprio coração, no qual o Menino Jesus desfaça laços e faça desabrochar todo o amor que se oculta nos sombrios porões do meu ego."


Link para um belo texto do psicanalista Contardo Calligaris sobre Papai Noel:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...