quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Diferentes, graças a Deus!

Há duas semanas assisti ao filme Temple Grandin, que me havia sido presenteado pelo meu irmão Ulysses, sempre se lembrando de mim quando vê bons filmes.

Ouvi falar da autista Temple Grandin, pela primeira vez, há cerca de 15 anos, ao ler o fantástico livro Um antropólogo em Marte, do neurologista e escritor Oliver Sacks, de quem virei fã desde essa época. Um dos ensaios desse livro, exatamente o que dá título à obra, procura descrever -- e compreender -- a vida e as experiências de Temple.

Ela é uma pessoa com quem se pode aprender muitas coisas. Criança, manifestava-se arredia, isolada e agressiva. A mãe fora acusada pelo médico de rejeitar a menina -- daí o consequente autismo.

Arrepia-nos, no filme, o intenso esforço da mãe para despertar os potenciais adormecidos daquela criança, que não tinha condições de lhe retribuir o empenho nem mesmo com um sorriso, nem ao menos com um olhar. A tia teve um papel preponderante em seu desenvolvimento, assim como o professor-cientista, no colégio interno, que a auxiliou a aplicar seu enorme potencial.

As peculiaridades da personalidade autista de Temple a levaram a ser rejeitada, isolada e tratata com ironia e até mesmo com sarcasmo. Como compreender e conviver com uma pessoa que mostra hábitos tão estranhos, que tem a fala desconexa e ímpetos de violência? Nada fácil, se consideramos que a maioria não consegue conviver nem com quem revela uma opinião diferente ou alguns modos de ser pouco usuais...

Entretanto, Temple prossegue sua caminhada rumo à realização pessoal, enfrentando inúmeros desafios. O diretor retrata tudo com mão de mestre. Excelentes atores, bom roteiro, diálogos ricos fizeram com que o filme, produzido para a TV pela HBO, levasse vários prêmios Emmys.

Temple Grandin
A menina isolada se transformou em engenheira, doutora em ciência animal. Enfrentou preconceitos de toda ordem, mas revolucionou a forma como os norte-americanos confinam e abatem o gado. Por quê? Porque sua forma de perceber os fatos possibilitou que compreendesse o comportamento dos animais melhor que qualquer pessoa. Assim, pôde oferecer a eles um tratamento digno e "humano".

Algumas frases do filme para reflexão:


“Eu tinha um dom. Eu podia ver o mundo de um jeito novo. Via detalhes onde outras pessoas eram cegas."
"Somos diferentes, não piores."
"O mundo precisa de todos os tipos de mentes."

Procure conhecer a vida de Temple, lendo o livro de Sacks, as obras que ela escreveu, vendo o filme, assistindo a uma conferência sua no TED. É só googlar e vc encontrará muitas informações...

Não dá pra deixar de considerar que pessoas como Temple são detentoras de uma força e de uma têmpera que não são comuns. São espíritos fortes que vêm nos ensinar lições de profundidade. Veja uma reflexão a respeito:



“Você não obtém porcelana delicada colocando argila ao sol. Tem que pôr a argila ao calor brando do forno se desejar fazer porcelana. O calor quebra algumas peças. A incapacidade quebra algumas pessoas. Porém, uma vez que a argila passe pelo fogo quente ao brando e saia inteira, ela nunca mais poderá ser argila outra vez; uma vez que uma pessoa supre uma incapacidade através de sua própria coragem, determinação e trabalho duro, ela mostra uma profundidade de espírito que você e eu pouco conhecemos.”

Rusk, citado por Freed (1984)




Somos diferentes, todos nós, graças a Deus. E pessoas como Temple ensinam que as diferenças, embora desafiadoras, tornam o mundo mais rico, graças à biodiversidade.

Abraços!

2 comentários:

  1. OI, Laura :)
    já assiti um estudo seu no seminário da Meja e amei muito! Algumas das histórias que contou ficaram bastante marcadas...
    Estou ansiosa para te ouvir esse sábado na Meja no estudo para os orientadores!
    beijos doces e parabéns pelo blog, trabalho e especialmente pela sua força que faz magia em outras pessoas...
    Cinthya Amorim

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela delicadeza de seu comentário, Cinthya! Estaremos juntas novamente em mais um seminário. Também estou ansiosa...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...